Tratamento das veias

Doenças venosas são incuráveis, mas respondem bem ao tratamento. Existem vários métodos de tratamento, mesmo para quadros clínicos avançados. O mais importante desses métodos é o tratamento de compressão e cirurgia. Usar peças de vestuário de compressão regularmente pode ajudar a impedir ou mesmo interromper a progressão da doença.

Tratamento das veias

Tratamento das veias modificador da doença

Meias de compressão medicinais são a base do tratamento das veias. Se a doença progredir, o paciente pode desenvolver edema e tromboses (coágulos sanguíneos) ou mesmo úlceras venosas da perna. Uma situação de risco de vida se desenvolve quando um coágulo se desloca da parede venosa e é carregado, pelo sistema venoso, até o pulmão. Esta condição se chama embolia pulmonar.

Meias de compressão consistem em um meio comum de interromper a progressão da insuficiência venosa. Com a sua pressão exata definida, elas mecanicamente contrabalanceiam o efeito das válvulas que não se fecham adequadamente. Quando o diâmetro das veias das pernas é estreitado, as válvulas podem se fechar novamente e o sangue não se acumula. As peças de vestuário também estimulam o fluxo linfático e impedem a estase de líquidos nas pernas.

Meias de compressão modernas, atualmente, são indistinguíveis de outros tipos de meias. Sejam elas meias 3/4 de canelado fino, 7/8 semitransparentes, ou meias-calças em uma variedade impressionante de cores, da perspectiva de moda, não há limites para as possibilidades das meias de compressão.

"Stripping (remoção)" é a técnica cirúrgica mais conhecida. Para esta operação, uma sonda é inserida na veia que, então, é puxada para fora da perna através de uma pequena incisão na pele (removida). Nem todas as veias afetadas de um tronco têm que ser removidas. Se apenas a parte de cima tiver sido afetada, a cirurgia poupa a veia-tronco. Isso significa que a parte saudável da veia é mantida. Existem diversos tipos de "remoção de veias". Outra possibilidade é ocluir ou bloquear a veia defeituosa. Isto é feito através da chamada crossectomia, utilizando laser ou tratamento com ondas de rádio.

Opções de tratamento

As veias podem ser tratadas de diversas maneiras. Aqui você aprenderá mais sobre os procedimentos cirúrgicos comuns.

Remoção de veias

Uma sonda é inserida na veia debilitada, na coxa, e avançada para baixo até o pé. A variz é, então, puxada para fora da perna.

Método CHIVA

As veias distendidas são amarradas, de modo que o sangue possa fluir para os ramos do lado saudável. As veias safenas são mantidas.

Terapia a laser

A veia é derretida de dentro para fora por uma sonda a laser, o que resulta na sua obliteração permanente e posterior degradação pelos processos próprios do organismo.

Terapia com ondas de rádio

O procedimento é semelhante à terapia a laser: uma sonda minúscula é inserida na veia. As varizes são esclerosadas termicamente com ondas de rádio e degradadas pelo organismo.

Escleroterapia

A escleroterapia usa uma injeção para fazer com que as paredes do vaso grudem umas nas outras. O organismo degrada a veia obliterada. Além do método clássico, existe também a escleroterapia com espuma, na qual as veias são esclerosadas usando espuma.

Primeiro uma meia antiembolia, depois uma meia de compressão

Imediatamente após o procedimento cirúrgico, uma meia antiembolia compressora deve ser calçada (p.ex., mediven struva). Após esta etapa, devem-se usar meias de compressão medicinais (p.ex., mediven elegance) consistentemente.

O médico pode prescrever tais meias, se necessário. Revendedores médicos tiram as medidas dos pacientes para adequar as meias. Elas são ativas, respiráveis e, com sua ampla variedade de cores, oferecem uma mudança muito bem-vinda para as pernas.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
1 Rates
100 %
1
5
5