Exercícios para as veias

Não exigem muito espaço

Ande muito, fique em pé o mínimo possível

Exercícios para as veias e a prática de esportes mantêm as veias ativas: o coração bombeia sangue para o corpo através das artérias. Após o sangue ser distribuído para todo o corpo dessa forma, ele flui de volta para o coração através do sistema venoso. Entretanto, os nossos batimentos cardíacos não são suficientemente fortes para fazer o retorno do fluxo das pernas, então, os músculos das pernas passam a fazer o bombeamento nas veias (bomba da panturrilha). Quando os músculos das panturrilhas e coxas se contraem, eles apertam as veias e pressionam o sangue para cima. Válvulas nas veias garantem que o sangue não flui para trás. Se não nos movimentamos muito, ou mesmo se não nos movimentamos de todo, o transporte de sangue pelas veias é insuficiente. Indivíduos que passam longos períodos de tempo em pé ou sentados, correm o risco de o transporte de retorno do sangue das pernas ser ruim. Embora as consequências disso sejam apenas desagradáveis inicialmente, elas podem progredir para doenças venosas.
Consequências de não praticar exercícios físicos suficientes:

  • Pernas cansadas e pesadas
  • Pernas inchadas
  • Inflamação venosa
  • Varizes
  • Úlceras nas pernas

Portanto, a melhor maneira de prevenir doenças venosas é praticar exercícios físicos. Mantendo-se em movimento, mesmo aqueles que já passaram por cirurgia de varizes conseguem prevenir o surgimento de novas varizes. Indivíduos que passam a maior parte do seu tempo sentados devem se levantar e exercitar os músculos das pernas com mais frequência. Outra regra importante é andar muito e ficar em pé o mínimo de tempo possível. Esportes como ciclismo, caminhada nórdica e corrida leve também são bons para as veias e para a bomba muscular. Além disso, o fluxo sanguíneo pode ser melhorado por exercícios específicos para as veias.

Girar os pés

Levante as pontas dos dedos dos pés com o calcanhar no chão. Gire os pés de um lado para o outro, alternado entre sentido horário e anti-horário.

Ficar na ponta dos pés

Fique em pé na ponta de ambos os pés ao mesmo tempo, ou seja, levante os calcanhares e mantenha a parte da frente dos pés no chão.

Puxar os dedos dos pés para cima

Neste exercício, os calcanhares ficam no chão e você levanta as pontas dos dedos.

Balançar os pés

Balance os pés do calcanhar para os dedos dos pés alternadamente.

Outros exemplos de exercícios

  • Deite de costas e finja que está andando de bicicleta com as pernas para o ar.
  • Puxe um joelho para junto do corpo enquanto a outra perna fica reta.
  • Aponte com uma perna para o teto e segure a perna na parte de trás do joelho. A outra perna permanece esticada no chão.
  • Sente no chão com as pernas retas e apoie-se com as mãos atrás de você. Levante uma perna, mantendo-a reta, e balance o pé para a frente e para trás ao nível do tornozelo.

Dicas que você pode incorporar à sua rotina

  • Mexa-se sempre que puder.
  • Mude de posição com mais frequência, se possível, coloque os pés para cima (p. ex., quando estiver no telefone).
  • Mantenha uma dieta leve e balanceada.
  • Perca eventuais excessos de peso.
  • Vista roupas soltas e confortáveis.
  • Opte por sapatos baixos e confortáveis.
  • Lave os seus pés no banho frequentemente com água fria. Alternar banhos quentes e frios fortalece os tecidos conjuntivos.
  • Planeje sessões regulares de 10 minutos de exercícios para as suas veias todos os dias.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
14 Rates
79 %
1
5
3.95