Remoção cirúrgica de veias

A remoção cirúrgica de veias (remoção de varizes) é a operação mais comum para as veias.

Remoção cirúrgica de veias

As veias afetadas no sistema nervoso superficial são puxadas para fora (removidas) através de pequenas incisões na pele. Este procedimento também é conhecido como "Procedimento de Babcock" ou "Remoção de Babcock". O médico americano, Babcock, descreveu o método pela primeira vez em 1907. Este método clássico é usado para remover os segmentos afetados da veia safena longa mais afetada, que vai do tornozelo até a dobra inguinal.

Antes da remoção cirúrgica de veias

A veia safena só pode ser removida se o sistema venoso profundo estiver saudável. Isso é verificado, primeiramente, por exame de ultrassom (ultrassonografia com Doppler) e, algumas vezes, por radiografias com meio de contraste (flebografia). Vários dias antes do procedimento, os pacientes não devem consumir álcool nem tomar medicamentos que retardem a coagulação sanguínea. Estes incluem a maioria dos analgésicos.

Como as varizes são removidas

O procedimento é realizado sob anestesia local ou anestesia geral.

  • Primeiro, a veia safena é exposta com uma pequena incisão na virilha.
  • Então, as tributárias são seladas e a própria veia grande é amarrada.
  • O médico faz uma segunda incisão abaixo do segmento afetado da veia. Se a veia safena inteira tiver sido afetada pela doença de varizes, a veia é exposta um pouco acima do maléolo medial (osso do tornozelo) e também é amarrada.
  • Uma sonda fina e flexível, a chamada sonda de Babcock ou removedora de veias, é geralmente avançada na veia safena até a virilha. O segmento doente é, então, puxado para fora da veia com a ajuda da sonda.

Após o procedimento, as incisões são fechadas e uma bandagem de compressão é enrolada firmemente em torno da perna. Peças de vestuário antiembolia, como a mediven struva.

Após a remoção cirúrgica de veias

Após o procedimento, os pacientes devem usar meias de compressão por pelo menos três meses. Eles também devem evitar períodos longos em pé ou sentados. Durante uma série de exames de acompanhamento, o médico verifica a progressão da cicatrização e o resultado do tratamento. A remoção cirúrgica de veias é considerada um método bastante seguro de tratamento de varizes. Os possíveis efeitos colaterais do procedimento que, em geral, desaparecem após um curto período de tempo ou podem ser evitados com meias de compressão, podem ser:

  • Hematomas
  • Inchaço
  • Sensação de tensão ou pressão nas pernas
  • Distúrbios sensoriais
  • Acúmulo de líquido linfático

Complicações são mais raras e podem incluir:

  • Dor grave
  • Distúrbios de cicatrização da ferida
  • Infecções
  • Trombose

A insuficiência venosa, em si, não pode ser curada com cirurgia de varizes. Portanto, os pacientes devem continuar a usar suas peças de vestuário de compressão todos os dias após uma cirurgia de varizes bem-sucedida, para prevenir o surgimento de novas varizes e desfrutar dos resultados da operação nos anos vindouros.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
36 Rates
74 %
1
5
3.7