Esporte durante a gravidez

A prática moderada de esporte ajuda a animar e divertir as gestantes

A prática moderada de esporte ajuda a animar e divertir as gestantes - A prática moderada de esporte ajuda a animar e divertir as gestantes

Posso praticar esportes durante a gravidez?

Muitas histórias da carochinha foram já contadas sobre a gravidez. Muitas pessoas pensavam que o esporte era prejudicial nesse período. Hoje sabemos que isso não é verdade. Mesmo que o teste de gravidez seja positivo, é claro que você pode continuar sendo ativa! A atividade física adequada durante a gravidez, na verdade, tem efeitos positivos sobre a saúde da mãe e do bebê. Contanto que você não exagere e não haja razões médicas contra, você pode certamente praticar esporte. A prática moderada de esporte ajuda a animar e divertir as gestantes. Se você seguir seu instinto e der atenção a algumas dicas, não há nada que impeça uma gestante de fazer algum treino. Divirta-se!

Efeito

O esporte pode fazer maravilhas para muitas das queixas que, normalmente, surgem durante a gravidez: o fortalecimento do sistema musculoesquelético ajuda a aliviar a dor nas costas; circulação e metabolismo ativos reduzem as náuseas e as tonturas; o exercício também ajuda a prevenir a trombose e as doenças venosas.

A acumulação de líquido nos tecidos, tipicamente observada durante a gravidez, também é reduzida. Além disso, o fornecimento de oxigênio do corpo - e, portanto, do bebê - melhora. As chances de desenvolver diabetes na gravidez são reduzidas porque o consumo de energia contínuo baixa o nível de açúcar no sangue.

Alguns especialistas acreditam mesmo que continuar com atividades esportivas até ao nono mês pode tornar as dores de parto mais suportáveis. Isto se deve aos neurotransmissores, as chamadas beta-endorfinas, que são libertados durante o exercício. Além disso, julga-se que o movimento de balanço no útero promove o desenvolvimento dos órgãos sensoriais.

Riscos

Sem dúvida que o sistema cardiovascular, a respiração e todo o sistema musculoesquelético são sujeitos a tensão considerável durante as 40 semanas de gravidez. Portanto, é importante não exagerar no que respeita à atividade esportiva. Teoricamente, uma carga de trabalho excessiva pode reduzir o fornecimento de sangue e de oxigênio ao bebê. O aumento do fornecimento sanguíneo para os músculos também pode ter um efeito prejudicial sobre a perfusão placentária. Além disso, os hormônios da gravidez tornam as articulações e os ligamentos muito flexíveis, para que a cabeça do bebê possa passar pela pélvis no parto. Os ligamentos moles e as articulações instáveis ​​tornam a gestante mais propensa a lesões, como torções no tornozelo. Por isso, é permitido fazer exercício mas a intensidade deve ser adaptada à gravidez.

Esporte adequado

Esportes de resistência são muito adequados a mulheres gestantes. Eles dão energia, reduzem o estresse e ajudam a aumentar a forma física. A natação é particularmente benéfica, porque a água alivia o peso de sua barriguinha. Ao mesmo tempo, todos os grupos musculares são exercitados, prevenindo tromboses e edemas.

Ciclismo e caminhadas também são considerados esportes ideais para gestantes. Não sobrecarregam as articulações nem os ligamentos. Correr com barriguinha não é problema durante os primeiros três meses de gravidez, mas um bom calçado com suporte adequado é essencial.

O mais tardar durante os últimos três meses de gravidez, a caminhada é uma alternativa melhor. Iôga pré-natal e Pilates também são recomendados. Esses esportes fortalecem o assoalho pélvico e podem tornar o parto mais fácil. Exercícios em máquinas de ginásio também são recomendados, permitindo um fortalecimento específico mas regulado dos músculos.

Esportes inadequados

Escusado será dizer que esportes perigosos como mergulho em alto mar, asa-delta ou escalada devem ser evitados durante a gravidez. Esportes com sequências de movimentos abruptos também são tabu para gestantes. Entre eles:

  • Squash
  • Ténis
  • Basquetebol
  • Voleibol

E você também deve adiar a planejada maratona de Nova York, por agora. Sua temperatura corporal subiria muito.

Recomendações de treinamento

Gestantes com tendência para varizes devem usar meias de compressão durante a prática esportiva. Lojas de produtos medicinais especializados (por exemplo, parafarmácias) oferecem meias de compressão especiais com uma seção pélvica muito suave, que se adapta à barriguinha em crescimento.

Para assegurar um ajuste confortável, uma equipe qualificada faz medições precisas em vários pontos da sua perna (pé, tornozelo, panturrilha, coxa). É sempre aconselhável conversar sobre seu programa de treinamento com seu médico. A intensidade com que as mulheres podem exercitar depende, principalmente, do seu grau de prática esportiva antes da gravidez. Durante os primeiros três meses de gestação, mulheres com uma boa forma física geralmente podem continuar seu programa de exercícios. À medida que a gravidez avança, mais suave se deve tornar o exercício.

Pergunte ao seu médico qual a sua pulsação ideal e use um monitor de frequência cardíaca para ir controlando. Evite o sobreaquecimento do seu corpo (hipertermia), porque isso pode prejudicar o seu bebé. Enquanto você continuar podendo falar durante o exercício, o nível de intensidade é correto. E não esqueça de comer e beber sempre quantidades suficientes. Carboidratos complexos (produtos integrais) e vitaminas (frutas e legumes frescos) são fontes ideais de energia. Após o exercício físico, é importante uma fase de recuperação de 24 horas.

Lembre-se: o mais tardar a partir da 20.ª semana de gestação, você não deve mais exercitar os músculos abdominais verticais de forma isolada. E finalmente: siga seu instinto e desenvolva o sentido da quantidade de exercício correta para você durante a gravidez.

Rate this Content

 
 
 
 
 
 
 
Rate
 
 
 
 
 
 
1 Rates
100 %
1
5
5