Trabalho e gestação

Dicas para trabalhar durante a gravidez

Trabalho e gestação

Gestante e trabalhando? Tudo bem!

Muitas mulheres acham que seu trabalho é realmente uma distração bem-vinda das pequenas queixas diárias da gravidez. No entanto, algumas coisas precisam ser consideradas, a fim de proteger a saúde da mãe e do bebê. Examinamos quatro aspetos centrais mais de perto.

Na sociedade ocidental, muitas vezes as mulheres têm mais de 30 anos de idade quando têm seu primeiro filho. Uma razão para o início relativamente tardio da maternidade pode ser uma carreira de sucesso. Filhos ou carreira? Hoje em dia, muitas vezes as mulheres querem as duas coisas, e colocam toda sua energia no trabalho antes de decidirem ter filhos. Quando o teste de gravidez é positivo, muitas vezes elas continuam trabalhando até o parto. Mas você pode realmente fazer isso? Afinal de contas, muitas mudanças ocorrem no corpo da mãe durante a gestação. Desde que você preste atenção a alguns fatores, isso é possível! Você pode ler os detalhes aqui.

Gestantes deverão ter em mente o seguinte:

Assim que tenha informado o seu empregador sobre sua gravidez, o empregador tem de observar as disposições da Lei de Proteção da Maternidade e mostrar especial consideração. Portanto, gestantes têm de ser protegidas de materiais tóxicos ou radioativos, vibrações e calor excessivo e ruído. Além disso, flexão e alongamento frequentes, ficar de pé por mais de quatro horas por dia e trabalho à peça ou na linha de montagem são situações proibidas.

Transportar regularmente cargas de cinco quilos ou, ocasionalmente, de dez quilos, também deve ser evitado. Além disso, trabalhar 8,5 horas por dia ou 90 horas em duas semanas não deve ser excedido. A partir do terceiro mês, trabalhar em qualquer meio de transporte também é proibido.

Como minimizar o estresse

Estresse durante a gestação pode ter várias causas. Sob certas circunstâncias, pode prejudicar o bebê. Com um pouco de reflexão e organização, é possível reduzir o estresse. Seu bebê em primeiro lugar: reduzir as horas extraordinárias é uma boa maneira de usufruir de sua gravidez.

Talvez o seu trabalho lhe permita trabalhar a partir de casa por um ou mais dias? Ou talvez você possa beneficiar de horários flexíveis, para evitar viajar durante a hora de ponta todos os dias? Pergunte ao seu superior quais são as várias opções.

A rotina diária ideal

Organize sua rotina diária para a tornar o mais agradável possível. Se você sofre de enjoo matinal, seu chefe vai certamente compreender. Pergunte se você pode começar mais tarde e, em seguida, compensar trabalhando até mais tarde. Aproveite as pausas durante o dia: faça algum exercício ou coloque os pés para cima um pouco.

Isso reduz a probabilidade de inchaço ou de veias varicosas na gestação. Lembre-se apenas: de acordo com a Lei de Proteção da Maternidade, mulheres gestantes não têm direito a mais intervalos do que os outros empregados. No entanto, poderão ter consultas médicas durante o horário de trabalho, sem terem de compensar o tempo que perderam na consulta. Para evitar conflitos com seu empregador, no entanto, você só deve recorrer a esta opção se não for possível marcar uma consulta fora do horário de trabalho.

Local de trabalho

Juntamente com seu empregador, organize seu local de trabalho para que esteja perfeitamente adaptado à sua gravidez. A fim de evitar dores nas costas, por exemplo, uma cadeira ajustável em altura com encosto e apoio para os pés é um bom investimento. Um apoio para o pulso pode ser uma boa ideia para evitar a síndrome do túnel cárpico.

Encha sua gaveta com lanches saudáveis, como frutas secas, nozes e barras de cereais. Coloque um grande jarro de água ao lado da tela do seu PC para garantir que bebe água suficiente. Se você trabalha em um lugar muito quente (por exemplo, na cozinha), pergunte ao seu chefe se existe possibilidade de mudar de local de trabalho.

Seu bebê em primeiro lugar

A gestação representa uma situação de mudança para uma mulher, tanto física como emocionalmente. Você não pode ficar sujeita a pressão. É claro que nem sempre é fácil fechar os olhos a tudo, especialmente em relação ao trabalho. Porém, tente levar as coisas calmamente. Sua maior prioridade é sua saúde e a de seu filho. O mais tardar quando seu abdômen fica mais tenso, você deve reduzir a pressão. Relaxe durante sua jornada de trabalho e ouça com atenção os sinais do seu corpo.

Caminhadas regulares depois do trabalho podem ajudar a recarregar as baterias e a dar um novo fôlego para o resto do dia de trabalho. Calçar meias de compressão também pode ser muito calmante e ajudar a aumentar sua vitalidade, especialmente se o trabalho de você envolver ficar de pé ou sentada longos períodos. A medi desenvolveu meias especiais de compressão para a gestação. A sua seção abdominal flexível torna-as particularmente confortáveis. Elas impedem que o peso de sua barriguinha prejudique o fluxo de sangue venoso e cause congestionamento.

O médico fará o diagnóstico e poderá prescrever dispositivos médicos da medi, se necessário. Seu revendedor de produtos medicinais fará os ajustes individuais em você.